Escândalo de mães e bebês da Irlanda

Escândalo de mães e bebês da Irlanda

Disponível no app Prime Video
Há seis anos, Catherine Corless, historiadora local do Condado de Galway, na República da Irlanda, descobriu que centenas de bebês e crianças pequenas haviam morrido em um lar para mulheres grávidas não casadas. O local era dirigido por freiras católicas romanas em sua cidade natal de Tuam, e essas crianças haviam morrido por negligência e desnutrição, suas mortes não registradas.