O Diário de Lidwina

O Diário de Lidwina

Disponível no app iTunes
A esclerose múltipla é uma doença degenerativa e incurável que afeta mais mulheres que homens. Seu primeiro registro histórico é encontrado no diário de Lidwina Van Schiedam, uma jovem holandesa do século XIV. Acompanhando os relatos de pacientes e médicos, encontramos mais similaridades que diferenças em seus dramas e episódios de superação, revelando que a singularidade humana predomina sobre quaisquer diferenças provocadas por uma doença. A esclerose múltipla apresenta sintomas diversos e de difícil identificação. Além disso, sua evolução pode apresentar idas e vindas, episódios de piora e melhora repentinas, o que conferiu a ela um caráter mágico, acentuando não só uma cultura de religiosidade em torno dela como também atraindo o interesse de artistas e dramaturgos. Embora tradicionalmente o “esclerosado” seja visto pela sociedade como um personagem excluído da maior parte das atividades sociais, hoje a ciência médica já permite que muitos dos afetados pela doença tenham uma vida próxima do normal. E a busca por essa “normalidade” é que move muitos dos pacientes, e também de seus familiares e amigos.
Estrelando Arieta Correa, Fabricio Licursi, Daniel Costa
Direção Leonardo Gâmbera, Daniel Moreno