O Preço da Paz

O Preço da Paz

Disponível na iTunes
A verdadeira história do Barão de Serro Azul, um homem que, durante a Revolução Federalista, pagou aos revolucionários Maragatos para que não destruíssem Curitiba. O Preço da Paz conta a saga do Barão do Serro Azul, um homem de princípios que levou às últimas conseqüências suas convicções. No final do século XIX, durante a Revolução Federalista, o Barão pagou aos revolucionários Maragatos para que não destruíssem Curitiba. Depois, foi considerado traidor e teve sua história proibida por mais de 40 anos. Seus feitos não constam nos livros oficiais. “O Preço da Paz”, 2003, Drama, 103 min, retrata um momento crucial da história do Brasil, a Revolução Federalista, e evidencia a determinação dos revoltosos gaúchos que ficaram conhecidos ao longo do tempo como "Maragatos". A história se passa no final do século XIX, quando um golpe do Presidente Floriano fecha e, logo em seguida, reabre o Congresso Nacional, para colocar "à mesa" de decisões um grupo de correligionários que rezavam pela sua cartilha. No sul do país, inconformados, os idealistas Maragatos se insurgem e avançam para o Rio de Janeiro. O intuito: juntar-se às tropas do Almirante Saldanha para, juntos, deporem o presidente. Nesse avanço, os revoltosos vão se defrontando em sangrentas batalhas com os Pica-paus, como eram chamados os soldados florianistas. Ultrapassadas as fronteiras do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, as forças populares gaúchas chegam ao Paraná e se aproximam da capital Curitiba.
Estrelando Lima Duarte, Herson Capri, Giulia Gam
Direção Paulo Morelli